Kraken

O que é o Filecoin? (FIL)

O guia para iniciantes


O Filecoin é uma criptomoeda que visa a incentivar uma rede global de operadores de computador a fornecer um serviço de compartilhamento e armazenamento de arquivos. 

Os fundadores do projeto afirmam que, se pessoas suficientes o adotarem, ele poderá se tornar a maneira mais rápida e mais barata de armazenar dados na Internet. Além disso, ele não dependeria de uma autoridade central, o que significa que a troca de seus arquivos não poderia ser censurada por governos ou outros agentes. 

Isso ocorre porque o Filecoin é mantido por mineradores que direcionam potência computacional para a realização dos cálculos que o fazem funcionar. Os mineradores do Filecoin são pagos pela disponibilização de espaço de armazenamento aos usuários. Os usuários do Filecoin, por sua vez, devem pagar aos mineradores pelo armazenamento, recuperação ou distribuição desses dados. 

A rede Filecoin opera com base em outro protocolo de processamento descentralizado de arquivos chamado Interplanetary File System (IPFS). Os dois sistemas têm muitas semelhanças entre si, embora a principal diferença seja de que, como o IPFS é gratuito, ele não gera remuneração aos mineradores. Para poder usar o Filecoin, é necessário pagar. Porém, ele também pode gerar renda. 

Ainda assim, investidores e investidores devem observar que o Filecoin não é o único protocolo que afirma oferecer um sistema descentralizado de armazenamento e compartilhamento de arquivos alimentado por criptomoeda.

Dentre os protocolos concorrentes, estão Storj e Siacoin. O Storj afirma ter atingido uma capacidade de rede de mais de 100 petabytes, enquanto o Siacoin afirma ter uma capacidade de rede de 2 petabytes a partir de 2020. 

Contudo, o Filecoin pode ser a mais amplamente esperada dessas criptomoedas, tendo angariado US$ 205,8 milhões em uma oferta de moeda inicial em 2017, uma das maiores rodadas de financiamento do setor.

Em julho de 2020, o Filecoin estava em teste, com lançamento formal esperado para o final de agosto de 2020. 

What is filecoin fil


Quem criou a Filecoin?

O Filecoin é um software de código-fonte aberto criado pela Protocol Labs, a mesma empresa que criou tecnologias como IPFS e Libp2p com o objetivo de substituir os protocolos de Internet existentes. 

O IPFS, por exemplo, é um sistema que poderia substituir o protocolo de hipertexto da Web, que especifica que os endereços da Web devem começar com o prefixo http://. 

A Protocol Labs foi fundada por Juan Benet, que cofundou uma desenvolvedora de jogos chamada Loki Studios enquanto cursava ciência da computação em Stanford. A empresa foi adquirida pela Yahoo em 2013. Benet então participou do acelerador de start-ups Y Combinator para lançar a Protocol Labs.

A Protocol Labs recebeu financiamento de investidores notáveis, como o Digital Currency Group, o StartX, que é o acelerador de start-ups da Universidade de Stanford, o cofundador da Coinbase, Fred Erhsam, e o fundador da AngelList, Naval Ravikant. 

A oferta inicial de moeda do Filecoin, que ocorreu de agosto a setembro de 2017, levantou mais US$ 257 milhões com um grupo de importantes investidores de risco, como a Sequoia Capital, a Andreessen Horowitz e a Union Square Ventures. A oferta do Filecoin foi a maior de seu tipo na época. 
 

Como funciona a Filecoin?


A Filecoin é um pouco parecida com o Dropbox, mas viabilizada por blockchains. Os usuários que desejam armazenar alguns dados na rede Filecoin devem pagar um minerador para fazê-lo. 

O valor que eles devem pagar é determinado por um mercado aberto no qual os mineradores competem entre si para oferecer o menor preço de armazenamento. A Filecoin afirma que este mercado será "hipercompetitivo" e, portanto, mais barato do que o armazenamento de dados centralizado, como o Amazon Web Services. 

Os mineradores, por sua vez, são incentivados a fornecer armazenamento por conta da chance de receberem recompensas da rede na forma de tokens da Filecoin. Quanto mais armazenamento eles oferecerem à rede, melhores serão as suas chances de receber uma recompensa. 

Mas estas recompensas não são gratuitas. Os mineradores devem executar vários processos de intenso uso computacional (chamados de provas) para provar à rede que estão armazenando os dados que afirmam estar armazenando e que o estão fazendo de modo confiável durante um determinado período. 

Se eles fizerem isso de forma confiável e fornecerem armazenamento suficiente, poderão criar novos blocos na blockchain da Filecoin e receber a recompensa da rede e as taxas de transação.

Prova de replicação e prova de tempo-espaço

As blockchains dependem de mecanismos chamados de provas para garantir que todos os usuários da rede possam concordar com novas transações. A blockchain do Bitcoin, por exemplo, depende de uma Proof-of-Work, em que um minerador deve mostrar que realizou uma enorme quantidade de cálculos para ganhar o direito de adicionar novas transações à blockchain e reivindicar um Bitcoin recém-cunhado.

A Filecoin usa duas novas provas para verificar se os mineradores estão realmente armazenando os dados que afirmam estar. A Prova de replicação mostra que um minerador realmente armazenou o número de cópias de dados que ele afirma ter. A Prova de tempo-espaço mostra que um minerador armazenou os dados durante um determinado período. 

Juntas, essas provas permitem que os usuários confiem que os mineradores realmente possuem os dados que afirmam possuir. 

Mercados de armazenamento da Filecoin

Usando essas tecnologias, a Filecoin oferecerá um mercado para armazenamento em disco, no qual os usuários que queiram armazenar dados poderão fazer ofertas pelo armazenamento disponibilizado por mineradores que oferecem espaço em disco. 

Os mineradores que fornecem espaço em disco também serão julgados com base em sua confiabilidade e nos preços de armazenamento que estão oferecendo. O mercado de armazenamento da Filecoin será semelhante a um mercado financeiro, onde os usuários podem fazer lances e ofertas. 

Mineração da Filecoin

Em geral, os mineradores da Filecoin são usuários que oferecem armazenamento. Isso significa que qualquer usuário pode conectar um disco rígido, executar o software Filecoin e começar a oferecer espaço em disco no mercado de armazenamento. Esses mineradores são conhecidos como mineradores de armazenamento.

Mas há mais uma categoria de mineradores da Filecoin, conhecida como Mineradores e Serviços de Recuperação. 

Esses mineradores são pagos pelos usuários para recuperar dados e executar serviços que aceleram a transmissão de dados, como armazenamento em cache ou desempenho de nó em uma rede de entrega de conteúdo. 

 


Por que o FIL tem valor?

A criptomoeda da Filecoin, FIL, é o token nativo que viabiliza a rede. Isso significa que o FIL é usado para pagar pelo armazenamento, pela recuperação e por quaisquer outras transações na rede. 

Como a Filecoin conta com provas de armazenamento e de tempo-espaço, ela afirma que a sua rede é composta por mineradores que estão fornecendo um serviço fundamentalmente útil, ou seja, armazenamento em disco. 

A Filecoin afirma que seu mercado de armazenamento fornecerá preços mais baixos do que os preços oferecidos por concorrentes centralizados, como a Amazon Web Services. 

Se a Filecoin conseguir oferecer com sucesso um serviço de armazenamento descentralizado que não possa ser facilmente atrapalhado por corporações ou governos, ela também poderá ganhar mais usuários, especialmente se os serviços centralizados começarem a perder a confiança dos seus clientes.

Tal como se dá com o Bitcoin, a quantidade total de FIL criado também é limitada: nesse caso, dois bilhões de tokens. 

Se a rede Filecoin crescer, se mais usuários confiarem seus dados a ela, e se mais mineradores fornecerem espaço em disco, a quantidade de transações que exigem FIL deverá crescer. O preço do FIL deverá aumentar, uma vez que a sua quantidade disponível é limitada. 
 


Por que usar o FIL?

O FIL será interessante para você se você acha que os atuais provedores de armazenamento centralizado podem perder a confiança de seus clientes. 

Provedores centralizados, como a Amazon, a Microsoft ou o Google, podem estar sujeitos à pressão das corporações ou dos governos para modificar, remover ou negar serviços a determinados usuários. Isso pode levar a uma percepção de que o armazenamento centralizado não é confiável. 

Nesse cenário, o Filecoin e seus concorrentes, como o Storj, o Siacoin e o Arweave, podem acabar se beneficiando. Seu design descentralizado poderia oferecer uma alternativa aos serviços centralizados. 

Outro argumento a favor do FIL é a ideia de que seu marketplace poderia oferecer preços inferiores aos dos atuais provedores. Por exemplo, o Filecoin afirma que uma proporção significativa do espaço em disco do mundo não é utilizada atualmente. Se o Filecoin conseguir utilizar incentivos financeiros e criptografia para desbloquear esse espaço em disco não utilizado, os preços de armazenamento poderiam cair ainda mais. 

Uma combinação de preços mais baixos e perda de confiança em provedores centralizados são motivos para considerar o uso do FIL. 
 

Começar a comprar FIL


Agora você já pode dar o próximo passo e comprar o FIL!