Kraken

O que é Chainlink? (LINK)

Guia para iniciantes


O Chainlink é uma criptomoeda que visa incentivar uma rede global de computadores a fornecer dados confiáveis e reais para contratos inteligentes executados sobre blockchains

Caso não conheça o termo, contratos inteligentes são contratos programados para execução se e quando determinadas condições forem atendidas. Até o momento, os contratos inteligentes foram usados para tudo, desde a criação de novos produtos financeiros de cripto até o desenvolvimento de novos ativos de cripto. 

No entanto, um problema que persistiu é que a maioria dos contratos inteligentes precisa de algum tipo de fonte de dados externa para executar adequadamente seus termos. 

Por exemplo, contratos inteligentes que buscam replicar títulos ou contratos de seguro podem precisar de acesso a APIs que reportam preços de mercado ou dados da Internet das coisas. 

O Chainlink foi criado para resolver esse problema, incentivando os provedores de dados (chamados "oracles") a agir como uma ponte entre os contratos inteligentes da blockchain e as fontes de dados externas. 

Cada oracle na rede Chainlink é incentivado a fornecer dados precisos, uma vez que uma pontuação de reputação é atribuída a cada um deles. Além disso, quando os nós seguem as regras do software e fornecem dados úteis, são recompensados na criptomoeda do Chainlink, o LINK. 

Chegando em meio a um campo cheio de projetos em 2017, a equipe do Chainlink tem sido até agora capaz de cumprir sua visão expandindo os esforços para além do de Ethereum (ETH) em meio a um aumento na atividade de mercado. 

Desde 2020, a Chainlink procura oferecer suporte a todas as redes de contratos inteligentes baseadas em blockchain. 

Os usuários que buscam permanecer conectados no status de desenvolvimento atual do Chainlink podem seguir seu rastreador oficial de projetos para obter detalhes atualizados.


Quem criou o Chainlink?

A rede Chainlink foi lançada em junho de 2017 pela empresa com fins lucrativos SmartContract e a primeira versão foi lançada no mesmo mês.

Os cofundadores da empresa, Steve Ellis e Sergey Nazarov, mais tarde publicaram o white paper do Chainlink em setembro de 2017 com Ari Juels, um consultor da empresa.

Em seguida, a equipe do Chainlink realizou uma oferta inicial de moeda (ICO), arrecadando o equivalente a US$ 32 milhões, vendendo 35% da oferta unitária de 1 bilhão de sua criptomoeda, o LINK.

Quanto ao restante dos tokens, 30% foram distribuídos à SmartContract para serem usados no desenvolvimento da blockchain do Chainlink e 35% foram para incentivar os operadores de nós.

Como funciona o Chainlink?


Para facilitar a comunicação entre seus usuários e as fontes de dados externas, o Chainlink divide seu processo de execução em três etapas distintas. 

  1. Seleção de oracles – primeiro, os usuários do Chainlink esboçam um contrato de nível de serviço (SLA) que especifica um conjunto de requisitos de dados desejados. Em seguida, o software usa o SLA para fazer a correspondência entre o usuário com oracles que podem fornecer os dados. Depois que os parâmetros são definidos, o usuário envia o SLA e deposita sua criptomoeda LINK em um contrato de correspondência de ordem, que aceita lances de oracles.
  2. Relatório de dados – é aqui que os oracles se conectam a fontes externas e obtêm os dados do mundo real solicitados no SLA. Os dados são então processados pelos oracles e enviados de volta para contratos em execução na blockchain do Chainlink. 
  3. Agregação de resultados – a última etapa envolve a comparação dos resultados dos dados que os oracles coletam e sua devolução a um contrato de Agregação. O contrato de Agregação toma as respostas, avalia a validade de cada uma e retorna para o usuário uma pontuação ponderada, usando a soma de todos os dados recebidos.

Arquitetura

A blockchain do Chainlink é alimentada por três tipos de contratos inteligentes.

  • Contratos de agregação – coletam dados de oracles e combinam os resultados mais precisos com o contrato inteligente que precisa deles. 
  • Contrato de correspondência de ordem – corresponde um contrato de nível de serviço (SLA) de um contrato inteligente com os melhores oracles de licitação. 
  • Contrato de reputação – verifica a integridade de um oracle verificando seu histórico. Isso inclui fatores como o número total de solicitações concluídas, o tempo médio de resposta e a quantidade de criptomoeda LINK que o oracle colocou em stake. 

No entanto, o Chainlink também interage com oracles que não operam em sua blockchain e que são responsáveis de forma independente por coletar os dados do mundo real solicitados pelos contratos. 

Os nós são compostos de dois componentes: 

  • Chainlink core – o Chainlink core é responsável por ler SLAs recém-registrados e atribuições de roteamento para o adaptador Chainlink.
  • Chainlink adapter – atua como a ponte entre o nó e os dados externos. O adapter pode ler e processar os dados e gravá-los na blockchain.


Por que o LINK tem valor?

A criptomoeda LINK deriva seu valor de sua capacidade de garantir a execução bem-sucedida de contratos inteligentes que dependem da rede Chainlink. 

Mais especificamente, o LINK é integrado à própria rede e é a única moeda que pode ser usada para operações de rede fundamentais. Por exemplo, o LINK é usado para pagar operadores de nó que recuperam dados. 

Dessa forma ele também desempenha um papel necessário na moderação de interações entre usuários do Chainlink.

O LINK é usado como um depósito exigido pelos criadores de contratos inteligentes e pago pelos oracles. Essa taxa será reembolsada se seus serviços não forem aceitos ou assim que concluírem a tarefa. Os criadores de contratos inteligentes mantêm a taxa se um oracle não concluir o fim do contrato.

Por fim, a quantidade de LINK que um oracle possui é um dos fatores que determinam sua reputação. 

Como muitas outras criptomoedas, a oferta de tokens LINK também é limitada, o que significa que, de acordo com as regras do software, haverá somente 1 bilhão de LINK.
 


Por que usar o LINK?

O Chainlink pode ser de interesse dos desenvolvedores que buscam criar produtos financeiros baseados em blockchain que precisam acessar e analisar fontes de dados externas.

Além disso, os investidores podem querer adicionar LINK ao seu portfólio caso acreditem que o número de usuários de contratos inteligentes baseados em blockchain aumentará no futuro. 

Caso o Chainlink prove que pode resolver os principais problemas para os usuários de contratos inteligentes, pode se tornar uma ferramenta essencial para mesclar a tecnologia de blockchain com aplicativos do mundo real.
 

Começar a comprar LINK


Agora você está pronto para dar o próximo passo e comprar LINK!