Kraken

O que é Curve? (CRV)

O guia para iniciantes


O Curve é um protocolo de blockchain que usa várias criptomoedas para operar um mercado automatizado, tornando o serviço focado em stablecoins (criptomoedas programadas para simular outros ativos). 

Um dos vários protocolos emergentes de finanças descentralizadas (DeFi) construídos no Ethereum, o Curve facilita a negociação, não por meio do uso de um livro de ofertas central, mas usando pools de criptomoedas fornecidas pelos usuários, que por sua vez podem ganhar taxas por meio de seus depósitos. 

Como o Uniswap ou o Balancer, o Curve oferece aos usuários de criptomoeda uma maneira de ganhar taxas sobre seus ativos, ao mesmo tempo que permite que os investidores comprem e vendam esses ativos a preços potencialmente melhores.

No entanto, o que diferencia o Curve de plataformas semelhantes é seu foco nos mercados de stablecoins, como o Maker e o USDT, destinados a rastrear o preço dos dólares americanos, bem como stablecoins como wBTC e renBTC, destinados a rastrear o preço do Bitcoin. 

Devido à variedade de opções no mercado, cada uma com seu próprio nível de risco, o objetivo do Curve é possibilitar que as stablecoins sejam negociadas com taxas baixas e variação mínima no preço. 
 


Quem criou o Curve?

O projeto Curve não lista nenhum membro da equipe ou fundador em seu site, e não indica quando o projeto foi oficialmente concebido ou lançado. 

Em vez disso, o white paper do Curve foi publicado em novembro de 2019 e lista um único autor, Michael Egorov, que também é cofundador de uma empresa chamada NuCypher. A empresa está lançando uma rede no Ethereum que permite que os aplicativos criptografem seus dados e preservem a privacidade do usuário. 

De acordo com a publicação de notícias The Defiant, o Curve levantou o financiamento de personalidades bem conhecidas envolvidas em DeFi, mas não divulgou mais detalhes. 

Desde 2020, o Curve tinha mais de US$ 1 bilhão de criptomoedas bloqueadas em sua plataforma. 

Como funciona o Curve?


A plataforma de negociação do Curve é regida por um recurso matemático que foi projetado para permitir que as stablecoins sejam negociadas entre elas pelo melhor preço possível. Esse recurso é conhecido como uma curva de ligação. 

As curvas de ligação são empregadas por outras criptomoedas DeFi, como a exchange descentralizada Uniswap, por exemplo. Mas, ao contrário da curva de ligação da Uniswap, que se concentra em servir uma grande variedade de criptomoedas, a curva de ligação do Curve se concentra apenas em stablecoins. 

Na prática, isso significa que a curva de ligação do Curve permite que quantidades maiores de stablecoins sejam negociadas com menos alterações nos seus preços relativos. 

Pools de empréstimos

O Curve não precisa apenas de investidores para operar. Ele também requer um grupo de usuários que bloquearão criptomoedas para que elas possam ser negociadas por outras pessoas. 

O Curve mantém essas moedas em certas proporções umas em relação às outras, de modo que, à medida que seus valores flutuarem, elas se tornarão mais baratas ou mais caras, atraindo investidores para comprá-las ou vendê-las.

Para atrair usuários para bloquear suas moedas inicialmente, o Curve oferece a eles um retorno sobre suas moedas, bem como uma proporção da taxa de negociações. 

Esse retorno é gerado quando o Curve fornece os fundos bloqueados para protocolos como Compound ou yEarn, que, por sua vez, emprestam as moedas para os usuários. 

Governança 

Em 2020, a plataforma Curve emitiu seu token nativo, chamado CRV. Naquele momento, foram gerados cerca de 3 bilhões de tokens CRV. 

Aproximadamente 60% dos tokens CRV foram alocados para usuários que tinham moedas bloqueadas na plataforma, enquanto 30% foram reservados para a equipe do Curve e investidores. O restante foi reservado para os funcionários do projeto e para uma reserva para iniciativas da comunidade. 

Hoje, 2 milhões de tokens CRV são lançados diariamente, o que significa que 750 milhões são emitidos anualmente. Os tokens serão usados para votar em propostas que definem as regras do sistema Curve. 
 


Por que o CRV tem valor?

Considerando que será necessário votar nas decisões que regem a plataforma, o token CRV poderá ser essencial para os usuários que desejarem garantir o gerenciamento adequado do Curve. 

Como mencionado, qualquer pessoa que possua tokens CRV um dia poderá votar em propostas que vão impactar todos os usuários da plataforma. Esses votos favorecerão aqueles que retiverem tokens CRV por mais tempo, o que significa que os titulares fiéis do token terão mais poder de decisão. 

Espera-se também que os titulares de CRV possam determinar quais tipos de ativos bloqueados deverão ser promovidos, como os usuários que bloqueiam moedas na plataforma serão recompensados e se os tokens CRV deverão ser eliminados da economia (aumentando potencialmente seu preço). 

A popularidade inicial do Curve entre plataformas DeFi sugere que os usuários que bloquearem fundos na plataforma poderão continuar a desfrutar da exposição às taxas que ela gera. Isso, por sua vez, os ajudará a ganhar mais CRV da plataforma, aumentando assim a demanda por tokens CRV. 
 


Por que devo usar o CRV?

Você deve considerar o uso de CRV se acreditar que as stablecoins continuarão a crescer em termos de diversidade e utilização. Se mais aplicativos usarem stablecoins para oferecer serviços de empréstimo, serviços de seguro e outros serviços de DeFi, a plataforma Curve poderá continuar crescendo. 

Você também pode usar CRV se quiser participar da definição de regras na plataforma Curve. Manter o CRV a longo prazo permite que você determine quais moedas são permitidas na plataforma e dê sua opinião sobre as recompensas que os usuários fiéis devem receber. 
 

Começar a comprar o Curve


Agora você pode dar o próximo passo e comprar alguns CRV!